Tia sendo tia

KindPara mim é difícil improvisar a fantasia quando se trata de falar da realidade.
Ontem vi uma foto dos meus sobrinhos caçulas e me veio aquela sensação de falta. Só os  conheço por foto porque eles nasceram depois que vim para cá.
Tive a sorte de conviver com os meus sobrinhos mais velhos quando eles eram crianças e foi uma delícia! Tão bom ter sobrinho…  a gente mima sem se preocupar, porque a educação deixamos para os pais hehe
Sinto de coração não poder acompanhar o crescimento e deles não saberem disso, por isso escrevo esse texto. Um dia tenho a esperança que leiam.
Enquanto isso, R & F (as iniciais dos seus nomes), vou orar para que Deus reserve o melhor a vocês, acreditem em Deus mais do que em tudo, e que, “boas coisas acontecem quando esperamos, mas as ótimas quando vamos à luta.”

O caderno

  • curti (4)