Saudade

Como deixar de ter saudade ou ser indiferente?
Posso dizer que ela foi humanamente uma mãe, cheia de erros e poucos acertos, e que como poucas, conheci a amiga, sem ser a mãe.
Me irritava quando ela me chamava de “meu neném” (sou a caçula) quando me apresentava para alguém… As histórias se repetem, e o lugar que ocupamos também. Talvez eu faria a mesma coisa se tivesse filhos rs.
Sinto a maior alegria em ter sido gerada por ela, mulher de fé, força e opinião… esse modelo p*** louca é único!
Mãe, tem wlan aí? 😉

19/06/29 – 27/07/07

  • curti (5)

2 thoughts on “Saudade

  1. Acho que faz parte da maturidade começar a entender melhor as mães. E perceber que as coisas não eram tão fáceis quanto pareciam.
    Um abraço moça.

  2. Realmente, nao tivemos mae, mas tivemos amiga. Nao sei onde termina uma mae, ja sabendo e começa outra amiga.

Leave a Reply

Your email address will not be published.