Aniversário da minha mãe

Acordei cedo, fui almoçar fora.
Unhas roídas e sem esmalte, o dia passou lentamente.
Para mim 19/06 continua sendo um dia de homenagem.
Em pensar que lamentavelmente só passei a entendê-la melhor depois de mais velha.
Você dizia que só quando perdemos nossa mãe é que entendemos como ela faz falta;  ela perdeu a dela bem cedo…
Na sua infinita alma doce, com sua sabedoria popular, sabia de tudo. Antes de mim já sabia o que era essa saudade e tentava explicar assim. Às vezes não conseguimos  dimensionar a presença, sem antes conhecermos a ausência.
O melhor das pessoas sempre fica dentro de nós, enraizado, ainda mais quando somos continuação delas.
Ainda bem “caímos” na mesma família, não precisei percorrer banco de dados para achá-la, porque Deus me presenteou, e eu agradeço por isso.
Sei que vou morrer, mas vou sentir falta das minhas filhas… eu também sentirei a sua até sempre.
É com uma saudade imensa das nossas conversas que escrevo. E como disse seu genro, manda uma cartinha hoje pro céu…

  • curti (2)

4 thoughts on “Aniversário da minha mãe

  1. Que linda homenagem Cris!!!
    Ler esse texto me trouxe uma saudaaade daquelas…
    Hoje, ela completaria 86 anos!
    Super beijo mana

  2. Que lindo,
    Essa véinha sempre fugiu da gente.
    Mas conseguiu deixar marcas que ninguém conseguiria deixar!

  3. Recebeu sim, minha querida Cris. Pode ir embora a sua presença física, o seu carinho e todo o amor que repartiu, mas levou consigo muito para poder enviar a quem mais ama. Assim o acredito.

    Beijinho amigo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.