Croácia

O meu trabalho me proporciona chances de conhecer lugares, e dessa vez conheci a Croácia. Levamos sete excepcionais curtirem suas férias por dez dias, o que para eles é muito divertido pois saem das suas rotinas, rotina essa em que eles trabalham todos os dias.
Estivemos na Croácia, onde é cercado de praias e ilhas maravilhosas! Apesar do país ter vivido uma guerra até 1995, até que está reorganizado, pelo menos aparentemente, mas se sabe que a dificuldade de vida existe. A moeda é a Kuna croata (1 Kuna = R$ 1,78) e não o Euro, o que é deveras engraçado porque eles fazem parte da união européia.
Muito calor faz por lá, mas daqueles que por aqui nunca vi, temperaturas acima de 35 graus todos os dias, pena não pude me esticar embaixo desse sol.
A comida é baseada em (muitos) salames, prosciuttos, azeites premiados, carnes servidas assadas com muita batata junto (diz que é cozida 4 horas numa panela fechada) um tanto pesado pra mim, mas claro provei de tudo. Na padaria tem uma variedade muito grande de pães, mais brancos que integrais. Tem também o Cevapcici, uma mistura de carne de vaca e de porco grelhadas com pimentão doce e cebola, além do (tadinhos) porco no rolete 😉
Quanto a bebida alcóolica não sei dizer o gosto das cervejas ou vinhos croatas, porque aboli da minha vida tudo que tenha álcool. Já a cerveja sem álcool com Holunder (sabugueiro) é uma delícia!!
Mas o que mais me encantou foi o mar (Adriático), água tão clara que parecia uma piscina. Infelizmente as praias na Europa têm muitas pedras, a gente precisa entrar de aquashoes  senão sai sem pé da água.
Visitamos Betina (praia de nudismo), uma ilha que mais parece um paraíso, só que eu não aderi a onda hehe
As pessoas são acolhedoras, e como no Brasil, só sabem o seu idioma, não curtem falar inglês mas se viram.
Eu vou voltar mas sem estar em Dienst (a serviço) porque vale a pena!! Recomendo para quem gosta de praia, sol, calor, ilhas paradisíacas e preços acessíveis.

  • curti (2)