Lion: Uma jornada para casa

Assisti ontem esse filme. Seria lindo se fosse só ficção…  A interpretação do ator mirim Sunny Pawar, o Saroo, me encantou! O olharzinho dele desperta compaixão, impossível  não se emocionar.  A indiferença das pessoas para querer ajudá-lo não me causou estranheza, em compensação a adoção também não, porque ele tinha um destino, foi adotado por uma boa família e de bom caráter como é, conseguiu superar as dificuldades!
A paisagem desoladora da Índia é compensada pela paisagem linda da Austrália.
Espero ver Sunny em outras produções, e que seja em breve!

  • curti (2)

“Chef”

Sinopse: “Depois de perder seu emprego como chef em um famoso restaurante de Los Angeles, Carl (Jon Favreau), para a surpresa de todos, compra um trailer e passa a fazer e vender comida pelas ruas. Cozinhando e conhecendo pessoas, ele redescobre o amor, o entusiasmo pela vida e como a gastronomia pode ser apaixonante.” (via filmow).

E no cinema foi difícil não sentir fome assistindo essa comédia, tipo de história que tudo dá certo: emprego perdido e logo um outro arriscado que vinga; relação de pai solteiro com o filho que é super boa; o filho é uma criança super inteligente e educada… e leve, para se sentir bem, é assim que o descrevo.
“Hoje é domingo, pé de cachimbo”*. Que venha a semana, que venha junho!
(*“Pé de cachimbo” é uma expressão usada errada para quem como eu teve a infância nos anos 70/80, e que significava um domingo legal, divertido. Na verdade a expressão correta é “Hoje é domingo, pede cachimbo”.)

  • curti (1)